O fazer científico da pesquisa-ação: mapeando o conceito de engajamento em uma perspectiva multidimensional

Lumárya Souza de Sousa, Thaiane Oliveira

Resumen


O presente artigo enfatiza os pressupostos da pesquisa-ação e os modos de engajamento configurados neste processo. Entendemos a pesquisa-ação com um alto nível de participação e envolvimento em todo seu percurso investigativo, onde a intervenção do pesquisador pressupõe a implicação do grupo estudado. Assim, o objetivo desta pesquisa é sistematizar as dimensões do engajamento em todas as etapas de uma pesquisa-ação, bem como refletir sobre a posição da pesquisa-ação no campo da epistemologia da ciência. A abordagem é teórica, a partir de uma tentativa de sistematização de uma revisão bibliográfica dos conceitos, e empírica, por meio da análise qualitativa de entrevista estruturada sobre a pesquisa-ação realizada com nove pesquisadores atuantes do campo no cenário brasileiro. A partir dessa análise é possível refletir sobre o conceito de engajamento implicado na pesquisa-ação, para além das dimensões comportamentais, cognitivas, afetivas e sociais. São elas as dimensões do engajamento científico, do engajamento do pesquisador e do engajamento dos sujeitos implicados na pesquisa-ação.


Palabras clave


Pesquisa-ação; engajamento; ciencia; conhecimento.

Texto completo:

PDF (Português (Brasil))

Enlaces refback

  • No hay ningún enlace refback.



Esta revista es una iniciativa del "Programa de Estudios sobre Acción Colectiva y Conflicto Social" del CIECS (CONICET y UNC), del “Centro de Investigaciones y Estudios Sociológicos” (CIES) y del “Nodo Villa María (Argentina) de la Red Latinoamericana de Metodología de las Ciencias Sociales" | relmis.com.ar

CIES - ESTUDIOS SOCIOLÓGICOS EDITORA. Billinghurst 1260 Piso 4, Dpto. A (1413) Ciudad de Buenos Aires, Argentina | TEL: 011-154 1483954 | 011- 4963-0561 | Email: correo@relmis.com.ar | ISSN: 1853-6190 | Sitio desarrollado por Lucas Aimar